Este Garçom Não Recebeu a Gorjeta, Mas Viu Um Envelope Branco Misterioso

Os garçons de restaurantes americanos geralmente ganham mais com gorjetas do que com o próprio salário. Por isso, Armando Markaj, um garçom de 27 anos e estudante de medicina na cidade de Nova York, sempre fez o seu melhor para deixar seus clientes satisfeitos. Mas, quando ele acidentalmente ofendeu duas senhoras, ele se viu sem nenhuma gorjeta.

Em vez disso, ele recebeu um bilhete irônico e um misterioso envelope branco, que o fizeram entrar em um dilema moral. Veja como essa interação mudou para melhor a vida de Markaj e da cliente.

A história começa no Patsy’s, em Nova York

Patsy's Pizzeria is seen from the outside.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

A Patsy’s Pizzeria surgiu como uma das primeiras pizzarias da cidade de Nova York. O proprietário original, Pasquale “Patsy” Lanceri, abriu o estabelecimento em 1933. E há décadas o lugar tem servido a famosa pizza nova-iorquina, com massa fina.

Um dos garçons, Armando Markaj, trabalhava no Patsy’s há nove anos. O rapaz de 27 anos estudava medicina, mas ainda se sustentava com o dinheiro conquistado na pizzaria. Markaj orgulhava-se de ser um trabalhador esforçado. No entanto, um incidente em maio de 2019 testou sua paciência.

Um sábado agitado atraiu duas clientes únicas

Patsy's Pizzeria includes portraits of famous figures and past customers on the wall.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Era 4 de maio, um sábado, o dia mais movimentado da semana para pizzarias. Como seus colegas de trabalho, Markaj estava repleto de clientes. Então, quando uma mãe e sua filha entraram no local, ele não imaginou que teria problemas ou enfrentaria uma situação incomum com elas. Ele simplesmente as levou até a mesa e lhes deu os menus.

Markaj percebeu que as duas mulheres estavam olhando para a parede. As paredes do restaurante são decoradas com retratos de figuras e clientes famosos, do passado e do presente. Não é incomum que os clientes explorem a parede.

Uma pergunta estranha mudou o dia de Markaj

An elderly woman asks a question at Patsy's Pizzeria.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Quando Markaj se aproximou das duas mulheres, elas pediram duas fatias de pizza no estilo nova-iorquino. Os três começaram a conversar um pouco e, por fim, a mãe fez uma pergunta estranha: por que não havia mais mulheres na parede?

Markaj não sabia como responder o questionamento da cliente. Alguns desses retratos já existiam há 90 anos, e ele não era o responsável por decorar as paredes do restaurante. Então, ele apenas respondeu que havia mulheres nas paredes, mas não onde elas estavam sentadas.

A resposta dele não agradou

Armando Markaj interviews about the situation.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

A dupla mãe-filha não pareceu satisfeita com a resposta de Markaj. Quando Markaj disse que havia algumas mulheres na parede, a mãe respondeu: “Não tanto quanto deveria.” Markaj ficou perplexo. Ele realmente não sabia o que responder.

Sentindo-se confuso, Markaj decidiu minimizar a tensão contando uma piada. Ele respondeu: “Bem, o verão está chegando, provavelmente as mulheres não gostam tanto de comer pizza.” Imediatamente, ele percebeu que havia cometido um grande erro.

As clientes ficaram ofendidas

Customers eat pizza at Patsy's in New York.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

As duas clientes de Markaj não pareceram satisfeitas com sua resposta. Logo depois de dizer isso, ele percebeu que teria muita dificuldade com elas. No entanto, era um dia agitado e Markaj tinha muitos outros clientes para atender.

Quando a mãe e a filha receberam suas pizzas, imediatamente pediram a conta. Markaj entregou a elas poucos segundos depois. Há nove anos garçom trabalhando na pizzaria, Markaj sabia atender os mais diversos tipos de clientes. Mas ele não tinha ideia do que estava por vir.

Elas deixaram um recado nada amigável

A Patsy's check envelope includes payment from a customer.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Quando Markaj olhou para a mesa novamente, mãe e filha haviam sumido. Antes de limpar a mesa, Markaj olhou para a conta e percebeu que nenhuma das clientes havia deixado uma gorjeta para ele. Pior ainda, uma das mulheres havia deixado um bilhete rude para ele.

O bilhete dizia: “As mulheres comem pizza e, a propósito, você já ouviu falar que as mulheres não deixam gorjetas?” Markaj se sentiu péssimo, já que muito de sua vida dependia das gorjetas deixadas pelos clientes da pizzaria. Mas ele escondeu suas emoções e limpou a mesa.

No entanto, elas deixaram um cheque misterioso

A woman slips a check into an envelope.
H. Armstrong Roberts/ClassicStock/Getty Images
H. Armstrong Roberts/ClassicStock/Getty Images

Enquanto Markaj estava limpando a mesa, ele notou um envelope descartado. Claramente, as clientes haviam deixado algo para trás. Markaj estava prestes a jogá-lo fora quando decidiu verificar o que era.

Quando puxou a aba do envelope, viu o logotipo “Citibank”. Ele então percebeu que as duas clientes haviam deixado um cheque na mesa. Definitivamente não era uma gorjeta, como o bilhete apontava. Como elas tinham deixado o restaurante às pressas, ele percebeu que o envelope havia sido esquecido.

Ficar com o cheque ou devolvê-lo?

Armando Markaj sits next to another waiter in front of a pizza.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Mesmo em meio a seu agitado sábado, Markaj parou um momento para se perguntar o que faria diante daquela situação. Considerando o quão rude as duas agiram com ele, o garçom poderia compreensivelmente ter colocado o envelope fora ou até mesmo ficado com o cheque.

Markaj agora enfrentava um dilema moral: devolver o dinheiro para as duas clientes ingratas ou mantê-lo como gorjeta? Mas Markaj não era uma pessoa egoísta e sabia exatamente como deveria agir.

Em vez disso, ele correu imediatamente para ajudar

Markaj works during a busy day at Patsy/s.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Embora Markaj pudesse ter tomado uma decisão equivocada, ele deixou as emoções de lado e agiu da melhor maneira. Ele imediatamente correu para a rua para encontrar as clientes e devolvê-lo.

Infelizmente, as duas mulheres não estavam mais por perto. Markaj não sabia seus nomes nem como entrar em contato com elas. Com poucas outras opções, ele voltou ao Patsy’s, debatendo o que fazer. Ele ainda tinha outros clientes para atender e, por enquanto, não havia uma maneira óbvia de devolver o dinheiro.

Meio milhão de dólares

A Citibank check is made out for $424,000.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Embora pudesse ser visto como uma violação de privacidade, Markaj decidiu abrir o envelope. Os cheques sempre incluem o nome do proprietário, o que poderia ajudado a contatar as duas senhoras.

Quando ele abriu, ele ficou chocado. O cheque era de 424 mil dólares. As clientes não apenas deixaram dinheiro, mas perderam meio milhão de dólares! Markaj estava repentinamente em uma situação delicada e perigosa. Quem entraria em uma pizzaria com tanto dinheiro?

O que fazer agora?

Frank Brijac, the owner of Patsy's Pizzeria, interviews with NBC News.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Surpreso com a situação, Markaj pediu ajuda para seu chefe, o atual proprietário da Patsy’s Pizzeria, Frank Brija. Quando viu o cheque, o empresário de 63 anos apenas disse: “Nossa.” Então, eles começaram a debater sobre o que fazer a respeito.

“Normalmente, nós apenas colocamos as coisas deixadas para trás na caixa de achados e perdidos”, disse Markaj mais tarde. “Mas eu não faria isso com quase meio milhão de dólares.” Uma coisa era certa: ele não iria mantê-lo, por mais rudes que as mulheres tivessem sido com ele.

Ela era uma bilionário?

Waiter Armando Markaj sits with his boss, Frank Brija, as he speaks to another waiter.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Markaj e Brija decidiram pesquisar o nome da mulher, Karen Vinacour, que estava escrito no cheque. Eles acreditavam que a encontrariam facilmente. “Tínhamos certeza de que era uma bilionária ou algo assim que veio aqui porque quem anda por aí com um cheque daqueles?”, disse Brija.

Brija pediu a seu filho, Adem Brija, de 30 anos, para pesquisar no Google o nome do cheque. Certamente, se ela fosse uma pessoa rica, seria fácil de encontrar.

Sem respostas

The owner of Patsy's, Frank Brija, speaks to his employee, Armando Markaj.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Infelizmente, não foi tão fácil. Pesquisar o nome dela não trouxe nada de útil. Existem muitas Karen Vinacours por aí, mas nenhuma delas se parecia com as mulheres que Markaj tinha atendido. Para onde ela poderia ter ido?

Enquanto ele procurava pela cliente, Brija também esperou que ela voltasse ao restaurante. “Achei que não demoraria muito”, disse ele ao “Los Angeles Times”. “Mesmo um bilionário sentiria falta de tanto dinheiro”, completou.

Na realidade, Vinacour não era uma bilionária

Karen Vinacour smiles at the camera as she picks up trash off the beach.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Infelizmente, Karen Vinacour não era tão rica quanto Brija pensava. A mãe de 79 anos era assistente social aposentada. Durante sua aposentadoria, Vinacour passou a maior parte do tempo trabalhando como voluntária em instituições de caridade para ajudar mulheres e crianças carentes.

Antes de Vinacour ir para o Patsy’s, elas passaram a maior parte do dia procurando um novo condomínio. Vinacour havia acabado de vender sua antiga casa e planejava usar o cheque de $ 424 mil como entrada para comprar sua nova casa.

Sem o cheque, Vinacour ficou sem teto

Vinacour tells her story on the local news.
Trending Stories/YouTube
Trending Stories/YouTube

Além do dinheiro da aposentadoria, Vinacour tinha apenas aqueles $ 424 mil. Em essência, foram as economias de toda a sua vida. Ela tinha acabado de vender sua casa, então ela precisava daquele cheque para pagar por uma nova residência.

Se Vinacour não tivesse o cheque (ou o dinheiro), ela ficaria sem-teto. Ela já estava hospedada com a filha e outros membros da família durante a mudança. Ela estava em uma situação altamente estressante, o que poderia explicar suas ações na pizzaria.

Foi um “dia estressante”

Karen Vinacour tells her story in an interview.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Na verdade, aquele almoço foi apenas a gota d’água para Vinacour. O que aconteceu antes explica o motivo de Vinacour ter sido tão rude com o jovem garçom. Antes de sair em busca de algo para comer, ela havia passado horas e horas com a família à procura de um novo condomínio para morar.

Mesmo com seu histórico de crédito impecável, ela estava tendo dificuldade em conseguir um empréstimo. Como ela passou décadas pagando os empréstimos estudantis de sua filha, seu banco não queria financiar o suficiente para pagar uma nova casa. “Foi um dia muito estressante”, disse ela.

Imagine isso, mais o tempo no Patsy’s

Karen Vinacour is seen in an interview.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Vinacour e a filha passaram aquele sábado procurando uma casa, fazendo orçamento e ligando para o corretor de imóveis. Quando chegaram ao Patsy’s, elas estavam bastante exaustas. Portanto, ela e sua filha reagiram negativamente à piada de Markaj sobre as paredes.

“Bem, minha filha é meio mal-humorada e não gostou disso”, disse Vinacour. “Então não lhe damos gorjeta”, completou. As duas já estavam longe quando Vinacour percebeu que havia perdido o seu cheque.

Ela não poderia cancelar o cheque?

A person writes a check for $700.
Fairfax Media via Getty Images via Getty Images
Fairfax Media via Getty Images via Getty Images

Vinacour não sentiu a falta doo cheque até o dia seguinte. Quando ela abriu o compartimento interno de sua bolsa, ela percebeu que seu cheque tinha desaparecido. Mesmo assim, ela não entrou em pânico imediatamente.

“Achei que era um cheque; vou simplesmente ao banco e pedir-lhes que parem com isso”, disse Vinacour mais tarde. Na manhã de segunda-feira, ela visitou a agência do Citibank em Union Square. Mas os funcionários não tinham notícias positivas para ela.

O banco deu notícias terríveis

A Citibank building is seen in New York City.
Robert Alexander/Getty Images
Robert Alexander/Getty Images

No Citibank, Vinacour recebeu notícias terríveis. O bancário lhe disse que, por se tratar de um cheque administrativo, eles não podiam cancelá-lo. Eles teriam que esperar pelo menos três meses para suspender o cheque, e isso apenas se outra pessoa não o descontasse.

Foi então que Vinacour começou a entrar em pânico. Ela tinha recebido muito dinheiro vendendo sua casa e não podia ficar com a família para sempre. Sem esse cheque, ela não teria condições de comprar uma casa.

Vinacour estava em pânico

Vinacour interviews with NBC News.
NBC New York/YouTube
NBC New York/YouTube

Sentindo-se impaciente, Vinacour correu rua acima até um café onde ela e a filha haviam lanchado. Mas o estabelecimento não estava com o cheque. Abatida, Vinacour ligou para o corretor de imóveis, que não atendeu ao telefone, então ela deixou recado.

Vinacour então ligou para a filha, que também não conseguiu encontrar o cheque em seus pertences. Ela verificou sua bolsa, sua casa e até mesmo sua lata de lixo. Nada. Vinacour sentia que estava ficando sem opções rapidamente.

Quando ela checou o Patsy’s, ela chamou o errado

A photo shows the exterior of Patsy's Pizzeria.
Yumi Mau/Pinterst
Yumi Mau/Pinterst

Vinacour lembrou que havia visitado a pizzaria Patsy’s, mas em vez de ir até o restaurante, ela ligou para eles. Sem que ela soubesse, ela ligou para a unidade errada. Quando o Patsy’s incorreto disse que não tinha nenhum cheque, Vinacour se sentiu perdida.

Seu corretor de imóveis acabou ligando de volta e ficou igualmente perplexo. “Ela disse que ligou para Patsy’s e ninguém sabia nada sobre cheque”, disse o agente. “Não parei para pensar que talvez ela tivesse ligado para o errado.”

Markaj tinha um plano

Markaj is interviewed by Pix 11.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Enquanto Vinacour lutava para encontrar as economias de sua vida, Markaj e Brija ainda trabalhavam para devolver o cheque. Como não conseguiram encontrar o dono, eles decidiram pedir ajuda. Eles ligaram para o jornal da cidade natal de Nova York em busca de ajuda.

Os jornalistas sabem como procurar pessoas em arquivos. Quando Brija explicou a história, os redatores do “Jornal Hometown” começaram a trabalhar. Eles queriam encontrar o dono do cheque e contar aquela história inusitada.

O jornal encontrou Vinacour em poucos minutos

A photo shows the cover of Hometown Newspaper from New York City.
@antiguabarbuda/Twitter
@antiguabarbuda/Twitter

Em minutos, os funcionários do jornal rastrearam Karen Vinacour. Eles ligaram para ela da Patsy perguntando se ela havia perdido algo de grande valor. Ela se sentiu tão chocada e aliviada que mal conseguiu responder.

“Não posso acreditar! Estou tão aliviado. Você não tem ideia”, respondeu Vinacour sem fôlego ao telefone. “Estou entrando em um táxi. Eu estarei lá imediatamente”, completou. Vinacour imediatamente pegou um táxi e foi para a Patsy’s Pizzeria – para o restaurante correto desta vez.

O encontro emocionante com Markaj

Vinacour and Markaj reunite as Vinacour receives her check.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Quando Vinacour entrou pela porta da frente do restaurante, ela imediatamente viu Markaj com seu cheque. Markaj não nutriu má vontade e devolveu o cheque sem qualquer problema. Mais tarde, ele disse que estava feliz por ela ter encontrado.

“Ela estava chorando”, disse ele à “ABC 7”. “Ela estava super animada por alguém ter encontrado e guardado.” Embora muitas pessoas tivessem guardado o cheque e o descontassem, Markaj preferiu fazer a coisa certa e devolvê-lo.

Vinacour sabia que ela era muito sortuda

Brijac gives Vinacour her check.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Vinacour ficou aliviada por Markaj ter decidido devolver o cheque, alegando que ele era “um jovem incrível”. “Ele poderia ter jogado no lixo”, disse ela à “NBC 4”. “Quero dizer, ele tinha a opção de jogar no lixo, porque não fomos muito legais com ele.”

Ela e a filha não esperavam encontrar o garçom novamente. No entanto, nós sabemos que a vida dá voltas. Felizmente, tudo acabou bem para elas. Saiba a seguir o desfecho desta história.

Brija, então, fez um tour pelo restaurante

Frank Brijac gives Karen Vinacour a tour of the wall.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Brija, o proprietário, não se limitou a garantir que o cheque fosse devolvido. Ele também ofereceu uma pizza a Vinacour e deu-lhe um tour pela parede. Enquanto comiam juntos, Brija mostrou a ela as mulheres famosas na parede de Patsy e por que foram escolhidas para estar lá.

Brija apresentou os retratos da primeira-dama Chirlane McCray, da lendária jornalista Barbara Walters e das ex-palestrantes do conselho municipal Christine Quinn e Melissa Mark-Viverito. Vinacour e sua filha tinham perdido todas essas fotos em sua primeira visita.

Uma surpresa honorária para Vinacour

Karen Vinacour poses for a photo with the Patsy's staff.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Além de devolver o cheque de Vinacour e dar a ela uma pizza grátis, o proprietário Frank Brija tinha outra surpresa para ela. Ele queria colocá-la na parede de Patsy!

“Vamos tirar uma foto aqui hoje com você e vou colocá-la na parede também”, disse o empresário a ela. “Portanto, haverá mais uma [mulher na parede]”, comentou. Vinacour se sentiu honrada. Ela se juntaria a gerações de pessoas regulares e icônicas de Patsy naquela parede.

Ela também se desculpou pela gorjeta

Vinacour talks to Brija.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Assim que Vinacour entrou pela porta do restaurante, ela se desculpou com Brija por não ter dado gorjeta a Makraj. Ela afirmou que sua nota passivo-agressiva “não foi seu melhor momento”. Em troca, ela tentou dar a Makraj o dinheiro da gorjeta atrasada.

Surpreendentemente, Makraj recusou o dinheiro. Sua generosidade será lembrada para sempre. Mas, calma! Ele teve sua recompensa sim! Saiba o que ele ganhou nos próximos slides.

Embora Markaj não tenha aceitado a gorjeta, ele gostou disso

Markaj and Vinacour hug.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Embora Markaj não tenha aceitado a gorjeta, Vinacour planejou dar a ele um vale-presente para comprar material escolar. Ela sabia quanto custava cursar uma faculdade por causa das taxas universitárias de sua filha e era grata pela ajuda de Markaj.

“Estou muito grato porque o insulto que fizemos a ele não o impediu de fazer a coisa certa”, disse Vinacour à “ABC 7”. Se Markaj não tivesse trabalhado para devolver o cheque, ela poderia estar sem-teto hoje.

Talvez fosse carma

Staff at Patsy's pose for a photo with Vinacour and her lost check.
Facts Daily/YouTube
Facts Daily/YouTube

Estranhamente, toda essa história aconteceu pouco antes do Dia das Mães. Agora que Vinacour tinha seu dinheiro de volta, ela poderia comemorar o feriado em paz, apesar de suas ações negativas. Markaj considerou isso emocionante e irônico.

“Acho que percebi que era apenas carma para eles”, disse Markaj durante uma entrevista para o “Los Angeles Times”. Em resposta, Vinacour riu e disse: “Eu também acredito no carma. Acho que foi isso que me ajudou a voltar para você”.