As Incríveis Joias Da Família Real Britânica

A família real britânica tem acumulado sua vasta coleção de joias de cair o queixo por séculos. Embora algumas das jóias da coroa tenham evoluído ao longo do tempo, já que muitas são alteradas para servir nos recém-chegados, ou redefinidas com outras pedras preciosas da coleção – as inestimáveis peças permanecem sendo de tirar o fôlego.

De tiaras a colares, de broches a anéis, toda e qualquer herança da família real britânica tem uma história por trás. Vamos dar uma olhada mais de perto em algumas das mais brilhantes, cintilantes e mais incrivelmente bonitas peças de joalheria que já foram usadas por uma rainha.

A rainha Maria já reciclava suas joias

A tiara Delhi Durbar foi originalmente feita para a rainha Maria em 1911. Foi feita pela Garrard para uma celebração em Delhi que marcou a coroação do rei George V e a rainha Maria como Imperador e Imperatriz da Índia. Maria tinha essa tiara feita com restos de outra tiara de platina e ouro. Ela costumava ter 10 pedras de esmeralda em cima, mas estas foram mais tarde alocadas em uma tiara diferente.

01
Bethany Clarke/Getty Images
Bethany Clarke/Getty Images

Esta tiara foi emprestada recentemente à nora da rainha Elizabeth, Camilla, a duquesa da Cornualha, para sua primeira aparição em um banquete como membro da família real.

O anel de noivado de safira da Lady Di

Todos nós conhecemos o famoso anel de noivado que foi usado pela princesa Diana, mas que agora vive no elegante dedo de Kate Middleton, mas você sabia que houve muita controvérsia na família real a respeito dele? Quando Diana escolheu o anel de safiras de um catálogo da Garrard, alguns membros da família detestaram porque não era feito sob medida. Para um membro da realeza para escolher um anel que era acessível ao público comum era inédito.

02
Pool Photograph/Corbis/Corbis via Getty Images
Pool Photograph/Corbis/Corbis via Getty Images

O anel único que inspirou cópias ao redor do mundo apresenta uma safira do Sri Lanka oval de 12 quilates que é cercada por 14 solitários assentados em ouro branco de 18 quilates.

Reinventando o broche

A rainha Elizabeth emprestou a tiara da rainha Maria para que Meghan Markle usasse em seu casamento com o príncipe Harry. Como em um conto de fadas de verdade, Meghan entrou no cofre de sua Majestade, a Rainha, para escolher uma entre as muitas deslumbrantes tiaras.

03
Max Mumby/Indigo/Getty Images
Max Mumby/Indigo/Getty Images

Em 1932, a rainha Maria teve essa tiara feita especificamente para acomodar a peça central, que na verdade é um broche. O broche foi dado a Maria de Teck em 1893 como um presente dos EUA, por ocasião do seu casamento com o então príncipe George, duque de York.

580/5000O anel de coroação que não serviu

Rundell, Bridge & Rundell, os ourives que fizeram este anel de safira, rubis e ouro, embaraçaram a realeza em 1838. Aparentemente, os joalheiros entenderam mal a redação da rubrica que lhes foi dada para a coroação e fizeram este anel para o dedo mindinho da rainha Victoria, não o dedo anelar. Opa!

04
Pinterest/The Telegraph
Pinterest/The Telegraph

Chegada a hora da cerimônia, o arcebispo forçou o anel em seu dedo anelar de qualquer maneira. A rainha Vitória teve que mergulhar a mão em água gelada depois da cerimônia para tirá-lo.

Outro exemplo de reaproveitamento

A exemplo da rainha Mary e sua mãe, a rainha Elizabeth II tinha esta tiara feita de pedras preciosas que ela recebeu como presentes do Povo da Birmânia na ocasião de seu casamento com o príncipe Philip. Em 1973, ela contratou a Casa Garrard para criar a tiara de rubis e diamantes a partir de uma tiara desmontada que lhe foi dada por Nizam de Hyderabad.

05
John Shelley Collection/Avalon/Getty Images
John Shelley Collection/Avalon/Getty Images

A tiara de rubis birmanesa apresenta vários desenhos das rosas Tudor e totaliza 96 rubis. O povo birmanês acredita que os rubis ajudam a proteger o usuário das 96 doenças que podem afligir o corpo humano.

Colmeia Real

Esta tiara estilo colmeia era uma das favoritas da falecida Rainha Mãe e hoje é uma das favoritas da Duquesa da Cornualha. Sem herdeiros próprios, foi legada em 2002 à Rainha Mãe pela rica socialite e herdeira de cervejarias, Margaret Greville, junto com todas as suas outras joias raras.

06
Mega Photos
Mega Photos

Feita por Boucheron, é uma das tiaras mais brilhantes da coleção real. A rainha-mãe elevou o brilho nessa tiara e a fez ainda maior, pedindo a Cartier que acrescentasse um diamante em forma de marquise no centro.

O anel de noivado de Meghan Markle tem um significado especial para o príncipe

Falando em românticos… O príncipe Harry desenhou o anel de noivado que ele deu a Meghan Markle. A peça completamente única foi feita sob medida pela famosa joalheria British Cleave & Co. para Harry.

07
Max Mumby/Indigo/Getty Images
Max Mumby/Indigo/Getty Images

Possui um diamante de três quilates em corte de almofada do Botsuana, que é um país querido pelo casal. Assentado sobre uma faixa de ouro amarelo, as pedras do lado do diamante foram dadas a Harry por sua mãe, a falecida princesa Diana. Muito tocante.

Após o nascimento de seu filho, Meghan exibe um novo estilo

Após o nascimento de seu filho recém-nascido, foi necessário que Meghan passasse algum tempo longe dos holofotes e obrigações sociais. Quando a Duquesa ressurgiu em junho de 2019, fotógrafos tiraram fotos de sua mão, que parecia ter uma versão atualizada de seu anel de noivado, bem como um novo anel, o qual diziam ser um presente de Harry ou um presente de aniversário.

08
WPA Pool/Max Mumby/Indigo/Getty Images
WPA Pool/Max Mumby/Indigo/Getty Images

O aro de seu anel de noivado foi redesenhado para um estilo mais minimalista, o que fez com que os três diamantes parecessem muito maiores. Os diamantes e as configurações permanecem os mesmos, como Harry originalmente desenhou para sua futura esposa.

Mas que presente canadense!

Rei George VI comprou este broche de folha de acer canadense para a rainha Elizabeth durante sua primeira visita de estado ao Canadá em 1939. O broche foi deixado para a rainha Elizabeth II depois da morte da rainha Elizabeth em 2002.

09
Pool/Sam Hussein/WireImage
Pool/Sam Hussein/WireImage

O broche de folha de acer canadense é uma das peças de joalheria mais emprestadas da coleção da rainha. Camilla, a Duquesa da Cornualha e Kate, a Duquesa de Cambridge, a usam várias vezes, além da própria rainha Elizabeth II.

A tiara de flor de lótus em estilo art déco já foi um colar

Mantendo a tradição de reciclar jóias em peças novas, a rainha-mãe tinha essa tiara feita com um colar da Garrard que lhe foi dado em 1923 pelo marido, o rei George VI. Ela mandou a Garrard desmontar o colar e usar os diamantes e pérolas para uma tiara.

10
Pinterest/Perry’s Jewelry
Pinterest/Perry’s Jewelry

A tiara de flor de lótus estilo art déco foi dada à princesa Margaret antes de seu casamento com o conde de Snowdon em 1959. Além da princesa Margaret, sua nora Serena Stanhope e Kate Middleton foram vistas usando a tiara.

Levando o tradicional presente de prata a outro patamar

A tiara kokoshnik da rainha Alexandra (um kokoshnik é um cocar em forma de halo usado por mulheres russas) foi um presente de aniversário de casamento de prata para o Príncipe e Princesa de Gales em 1888. A peça tem 488 diamantes em ouro branco e amarelo. Um grupo de mulheres aristocráticas conhecidas como as Senhoras da Sociedade reuniu seus recursos para financiar o presente que seria uma ofuscante “explosão de diamantes”.

11
Ron Bell – PA Images/PA Images via Getty Images
Ron Bell – PA Images/PA Images via Getty Images

Elas devem ter achado que o gasto valeu a pena, porque essa peça é dois-em-um! Como um bônus adicional, a tiara é conversível e pode ser retirada da moldura e usada como um colar de franjas. Agora é propriedade da rainha Elizabeth II.

O presente de aniversário dos sonhos de toda garota

A tiara de turquesas Persa da princesa Margaret foi dada a ela por sua mãe em seu aniversário de 21 anos, juntamente com um colar, brincos pingentes, um grande broche quadrado e várias peças para o cabelo. A tiara foi criada por Garrard no início dos anos 1900.

12
Pinterest / Wendy Vernon
Pinterest / Wendy Vernon

Esta deslumbrante tiara não é vista em público desde a morte de Margaret, em 2002. Há alguma especulação sobre quem seria a dona da tiara hoje em dia. Alguns acham que foi herdada por uma das filhas de Margaret, enquanto outros acreditam que ela foi devolvida à coleção real. Onde quer que esteja, esperamos que esta linda tiara turquesa faça uma aparição novamente.

A tiara do enlace amoroso

A tiara do enlace amoroso, também conhecida como enlace amoroso de Cambridge, era uma das favoritas da Princesa Diana e também foi usada várias vezes por Kate Middleton. Foi emprestada a Diana no dia de seu casamento pela rainha Elizabeth II e retornou após seu divórcio do príncipe Charles.

13
Pinterest / morph
Pinterest / morph

A tiara reluzente foi criada para a rainha Maria em 1914 por Garrard e foi feita a partir de pérolas e diamantes já pertencentes à família. A rainha Maria se inspirou na tiara Augusta da Princesa de Hesse, da sua avó Augusta, e queria que esta fosse feita exatamente como ela.

Diadema das rainhas

O Diadema do Rei George IV é usado exclusivamente por rainhas, embora tenha sido feito para um rei. O rei Jorge IV inicialmente ordenou a coroa para Rundell, Bridge e Rundell em 1820 e a usou no caminho para sua coroação (assim como Elizabeth a caminho da dela). É construído em ouro, prata, diamantes e pérolas.

14
Pinterest/People
Pinterest/People

A rainha Elizabeth II usa este impressionante diadema quando vai e quando volta da Abertura do Parlamento em Westminster e para muitos retratos oficiais.

Broche é o assunto

Não é nenhum segredo que Sua Majestade, a Rainha Elizabeth ama um broche e este de ametista Kent faz parte de um conjunto de ametistas de propriedade da família real britânica. O primeiro proprietário do conjunto era a mãe da Rainha Vitória, a duquesa de Kent. Inclui um colar, um par de pentes de cabelo, um par de brincos e três broches.

15
Pinterest / Tavia Tenise Sliffe
Pinterest / Tavia Tenise Sliffe

A rainha Elizabeth usa os broches com muita freqüência e só foi vista publicamente usando o colar e os brincos uma vez, em um banquete em 1984.

Uma magia de 22 quilates

Nada mais ‘realeza’ que um pescoço coberto de diamantes gigantescos e reluzentes. O colar de coroação e os brincos de diamante combinando foram usados por todas as rainhas desde a rainha Victoria. O conjunto é composto por 25 diamantes gigantescos. O diamante em forma de lágrima no centro é uma enorme pedra de 22,48 quilates conhecida como o diamante de Lahore.

16
Pinterest/People
Pinterest/People

A rainha Vitória tirou o diamante Lahore de uma tiara de rubis que ela tinha e encomendou a Garrard que o adicionasse ao colar. Os brincos correspondentes, usados pela rainha Elizabeth II nesta foto, também eram partes daquela tiara.

A princesa Ariel provavelmente amaria esta iara

A rainha Elizabeth ordenou que Garrard criasse a Tiara de águas marinhas brasileiras para combinar com um par de brincos de água-marinha e um colar que ela recebeu do Brasil para sua coroação.

17
Pinterest / morph.
Pinterest / morph.

Ao longo dos anos, os brasileiros continuaram presenteando Sua Majestade com pedras preciosas e jóias de águas marinhas e ela continuamente troca e adiciona águas-marinhas à tiara para torná-la ainda mais grandiosa. Esta é uma das tiaras que a Rainha mais tira do cofre para usar.

Um dos maiores diamantes já descobertos

A Coroa Imperial é realmente algo de grandioso. Ela foi feita para a coroação do rei George VI em 1937 e possui 2.868 diamantes, 17 safiras (a maior tem 104 quilates), 11 esmeraldas e 269 pérolas sobre uma cobertura de veludo roxo com banda de arminho.

18
Pinterest / Amanda Garcia
Pinterest / Amanda Garcia

A maior pedra da coroa é chamada Cullinan II, ou a “Segunda Estrela da África”, e pesa 317,4 quilates de cair o queixo. Tradicionalmente usada pelo monarca para sua coroação, foi ajustada para caber na rainha Elizabeth II quando ela assumiu o trono em 1953.

Uma gargantilha de pérolas japonesas

A rainha Elizabeth II encomendou essa gargantilha no início dos anos 80, usando pérolas cultivadas que foram presente do governo japonês. Ela emprestou à princesa Diana para um banquete e a Kate Middleton, a duquesa de Cambridge, que juntou o colar com os brincos de pérolas e diamantes de Diana.

19
Pinterest / Robin Stevens
Pinterest / Robin Stevens

A gargantilha é composta por quatro delicados fios de pérolas que se encontram no centro do pingente de diamante. Uma curiosidade divertida sobre as pérolas: assim como flocos de neve, não há duas pérolas exatamente iguais.