O Valor Desses Carros Está Caindo Mais Rápido Que Neve No Inverno

Escolher que carro comprar é sempre uma grande decisão. O que é mais importante para você? Segurança, preço, espaço, autonomia, ou uma combinação de todos os itens acima? Se o preço é importante, você vai querer distância dos carros nessa lista. Depois de comprá-los novos, seu valor cai e a perda no seu investimento é enorme. Apostamos que você não está preparado para perder R$50.000,00, porque isso é o quanto alguns desses carros vão desvalorizar em um ano!

O Smart Fortwo não oferece um orçamento amigável

01
Maik Boenisch/Pacific Press/LightRocket via Getty Images
Maik Boenisch/Pacific Press/LightRocket via Getty Images

Pronto para se juntar à revolução elétrica? Se você está, provavelmente já deu uma olhada no Smart Fortwo. O carro da moda começa em US$ 25.390 e vem de fábrica com características autônomas tentadoras. No entanto, tenha cuidado se este é o seu carro dos sonhos.

Depois de um ano, o valor cairá cerca de 36%! Se carro pequeno é o que você procura, certifique-se de mantê-lo por alguns anos. Dessa forma, quando você estiver pronto para seguir em frente, não vai doer tanto.

O Hyundai Genesis não representa bem o futuro

02
Chung Sung-Jun/Getty Images
Chung Sung-Jun/Getty Images

O Genesis é o carro de entrada da Hyundai no segmento de carros de luxo. Por fora, é um veículo engenhoso e excitante. Pode não ter o nome de uma Mercedes Benz ou BMW, mas pode definitivamente competir com eles numa prova de arrancada.

Infelizmente, os proprietários do Genesis costumam ver uma depreciação de 38% após um ano. Com um preço de US$ 52.000, isso equivale a uma perda de US$ 16.000 no investimento. Talvez seja melhor comprar um desses de segunda mão, se você realmente procura o melhor valor.

O Nissan Leaf (Folha) voa ao sabor d o vento

03
YOSHIKAZU TSUNO/Gamma-Rapho via Getty Images
YOSHIKAZU TSUNO/Gamma-Rapho via Getty Images

O Nissan Leaf anuncia-se como o carro elétrico mais vendido nos Estados Unidos. Tem um alcance de quase 250km e 150 cavalos de potência. É aí que a emoção para. Para ajudar a transformar o Leaf em um enorme sucesso, um crédito fiscal de US$ 7.500 é oferecido por compra ou leasing, mas isso nos EUA.

A partir de um preço base de US$ 29.000, seu preço cai para US$ 21.500 com o crédito. Então, antes mesmo de tirá-lo da loja, o Leaf perdeu valor. Some isso à depreciação ano a ano e Nissan está vendendo um dos carros menos valiosos no mercado de usados.

O Nissan Rogue (Rebelde) não é tão rebelde assim

04
Drew Angerer/Getty Images
Drew Angerer/Getty Images

Não tão revolucionário quanto a Nissan esperava que fosse, o Rogue SV custará um mínimo de US$ 26.000, incluídos no preço estão partida remota do motor, o controle automático da temperatura e tranca da mala ativada por movimento. Não incluído no pacote é um bom valor de revenda.

Por um extra de US$ 1.000 você pode transformar seu SV em um híbrido. com isso é aumentado o espaço de carga sob o piso e o assento rebatível 60/40, mas nenhum desses recursos vai parar a rápida depreciação do Rogue, uma vez que você sair da loja.

As perdas do Mini Cooper não são tão mini assim

05
Bilgin Sasmaz/Anadolu Agency/Getty Images
Bilgin Sasmaz/Anadolu Agency/Getty Images

Se você comprou um Mini Cooper 2015, prepare-se para um choque. Em apenas alguns anos, ele já terá depreciado em 29%. É elegante e com certeza, e você terá um ótimo negócio se encontrar um no mercado de usados.

A boa notícia é que o Mini Cooper 2015 começou com 20 mil dólares, quando zero, então mesmo que já tenha perdido quase um terço de seu valor, foi um negócio da China para começar!

O Chevrolet Yukon é um viciado em gasolina

06
Kris Connor/Getty Images
Kris Connor/Getty Images

Se espaço para carga é o que você procura, então o GMC Yukon é perfeito para você! Se os Km/litro e o valor total forem o que você está procurando, provavelmente você deve procurar um outro modelo. O Yukon começa em US$ 49.000 e faz apenas 6Km/l na cidade.

Após os primeiros 12 meses na estrada, seu Yukon também sofrerá desvalorização de 33%! Isso é uma perda de cerca de US$ 16.000. Pelo menos você não precisará chamar o cara do frete novamente.

O Fusca da Volkswagon é pequeno, mas feroz

07
Tao Zhang/Getty Images
Tao Zhang/Getty Images

O Volkswagon Fusca é um clássico. Um dos principais veículos da montadora, ainda é incrivelmente popular hoje em dia, mas talvez por causa da saturação excessiva do veículo, ele tenha um dos piores valores de revenda nessa lista.

Em média, os besourinhos depreciam em 37% no primeiro ano! Não fique bravo, no entanto. Segure seu Fusca. Sem mais modelos novos sendo produzidos depois de 2019, a demanda por modelos mais antigos pode ajudar seu valor de revenda a subir.

O Chevrolet Express é ótimo para empresas

08
Scott Olson/Getty Images
Scott Olson/Getty Images

As chances são de que, a menos que você seja proprietário de uma empresa, não esteja interessado em comprar uma van de carga. O Chevrolet Express é um dos mais espaçosos do mercado, mas desaba quando se trata de valor de revenda.

Depois de um ano, os empresários devem esperar que sua van de carga perca cerca de 40% de seu valor inicial. É uma das maiores depreciações para furgões de carga. Claro, se você a está usando todos os dias, pode valer a pena de qualquer maneira. Essas feras são construídas para o trabalho.

Um Impala que enche os olhos

09
Pinterest
Pinterest

O Chevrolet Impala não é o carro mais econômico em termos de combustível do mercado. Com 305 cavalos de potência, o veículo só vai te oferecer 7 km/l na cidade. Obtendo o motor 2.5L padrão eleva consumo para 8,5Km/l..

No entanto, o consumo não é o motivo para a depreciação inicial de 33,5%. Isso vem como resultado do Impala ser um veículo de frota. É mais provável que você consiga um como um carro alugado ou como um carro da empresa. Eles são muito menos comuns como veículos de passageiros.

O Lincoln MKS é uma ótima compra no mercado de usados

10
David Cooper/Toronto Star via Getty Images
David Cooper/Toronto Star via Getty Images

Há uma razão pela qual o Lincoln MKS terminou a produção em 2016. O carro não era um dos mais vendidos da Lincoln. Comercializado como um carro de luxo acessível, as vendas nunca subiram. Como resultado, a depreciação afetou os proprietários do MKS. O veículo perde cerca de 30% do seu valor no primeiro ano.

Substituindo o MKS virá um novo modelo Lincoln baseado no Continental. Se o MKS é o Lincoln que você realmente queria, agora é a hora de comprar. Está disponível apenas no mercado de usados e deve ser encontrado por um preço excelente.

O Kia Optima não é salvo por seus opcionais

11
Raymond Boyd/Getty Images
Raymond Boyd/Getty Images

A compra de um novo Kia Optima não vai te quebrar. O carro popular começa nos US$ 22.000. É espaçoso e simplista e elegante. Tem tudo que os donos de carros desejariam. Tudo, exceto pelo consumo e depreciação.

No primeiro ano, o Optima se deprecia em cerca de 35%. Dirigindo pela cidade, você faz cerca de 10Km/l, o que parece bom, mas está no limite mínimo para carros semelhantes. Claro, você pode melhorar o valor de revenda e o consumo comprando a versão híbrida.

O Kia Cadenza deve ser comprado usado mesmo

12
Bryan Thomas/Getty Images
Bryan Thomas/Getty Images

A única coisa que você não vai gostar no Kia Cadenza é a depreciação do primeiro ano. Em média, esse investimento de US$ 33.000,00 perderá 38% do seu valor em um ano. Isso faz com que seja um grande veículo para comprar usado.

Se você escolheu por comprá-lo novo, considere-se avisado e esse não será o único Kia da lista. Você já leu sobre o Optima, mas não sobre a entrada no segmento de luxo. Qual será?

O Jaguar XK é melhor se deixado na vitrine

13
Michael Cole/Corbis via Getty Images
Michael Cole/Corbis via Getty Images

O último modelo deste carro de luxo começou em US$ 82.000. Esse é o primeiro sinal para os compradores que ele não manterá seu valor inicial. Doze meses depois, o valor do Jaguar XK 2015 cai 30%. Não admira que a Jaguar tenha terminado a produção.

A sexta geração do Ford Mustang torna o GT “um roubo”

14
FREDERIC J. BROWN/AFP/Getty Images
FREDERIC J. BROWN/AFP/Getty Images

O Ford Mustang é um clássico. Se você está procurando o melhor valor para comprar um, não precisa procurar mais do que o Mustang GT. Inicialmente custava US$ 35.000, mas pode ser encontrado por apenas US$ 10.000 no mercado de usados.

Qual é a razão para tal queda de preço? A sexta geração do Mustang versão BULLITT está roubando a cena. Agora você pode ter um GT por um preço incrivelmente acessível. Nunca houve uma época melhor para comprar seu primeiro carro esportivo!

O Hyundai Sonata de 2011 é o carro perfeito para hoje

15
Allen J. Schaben/Los Angeles Times via Getty Images
Allen J. Schaben/Los Angeles Times via Getty Images

O Hyundai Sonata é um ótimo carro. Ele varia de US$ 20.000 a US$ 30.000 e é conhecido por seu desempenho e confiabilidade. Recentemente, tornou-se um dos carros familiares mais populares na estrada. Graças a essa nova popularidade, os modelos mais antigos estão perdendo valor rapidamente.

Isso não significa que o Sonata 2011 seja um carro ruim, mas na verdade é exatamente o oposto! É tão bom quanto novos modelos e muito mais acessível. Por que comprar um novo Sonata por US$ 30.000 quando você pode encontrar um bom modelo antigo por apenas US$8.000?

O Lexus ES tem um problema chato

16
STAN HONDA/AFP/Getty Images
STAN HONDA/AFP/Getty Images

A Lexus tem a reputação de fabricar carros elegantes e potentes. Fãs e possíveis compradores sabem o que querem em um Lexus, mas o ES 350 não é isso. Embora seja um Lexus pelo nome, o carro tem mais em comum com sedãs populares.

Não é surpresa, então, que o ES 350 caia uma média de US$ 9.000 após seu primeiro ano de uso. Os novos modelos da 350 prometem um carro redesenhado a partir do zero, mas só o tempo dirá se isso faz diferença no mercado de usados.

O Dodge Charger não vale o investimento

17
David McNew/Getty Images
David McNew/Getty Images

O Dodge Charger parece uma barganha no começo. Um carro esportivo abaixo de US$ 30.000 com um visual que mata. O que poderia dar errado? O custo de manutenção, para começar. Um Dodge Charger 2015 comprado por US$ 26.000 novo custará na verdade US$ 41.000 incluindo a manutenção ao longo de cinco anos.

Pior ainda, nesse tempo, o carro vai cair 45 por cento em valor! Se o Charger for o carro dos seus sonhos, saiba no que você está se metendo. Você não gostaria que esse sonho se transformasse em um pesadelo!

O Chevrolet Camaro deprecia como um verdadeiro carro de luxo

18
Harry How/Getty Images
Harry How/Getty Images

O Chevrolet Camaro é um dos carros esportivos mais populares dos Estados Unidos. Também possui uma das maiores taxas de depreciação. Doze meses depois de sair da loja, seu valor leva um tombo de luxo de 39%.

Isso não é bom para um carro que custa US$ 25 mil por seu modelo básico. Assim como o Charger, o custo total acaba sendo em torno de US$ 40.000 nos primeiros cinco anos. Com a popularidade do carro, porém, não esperamos que esses números prejudiquem as vendas.

Usado é a melhor maneira de comprar um Mitsubishi Lancer

19
National Motor Museum/Heritage Images/Getty Images
National Motor Museum/Heritage Images/Getty Images

Na verdade, usado é a única maneira que você pode comprar um Mitsubishi Lancer nos dias de hoje. A montadora parou a produção do carro em todo o mundo (com exceção de Taiwan e China) em 2017. Eles alegaram que esse movimento era para mudar o foco para os modelos SUV e crossovers.

Achamos que sua taxa de depreciação de 35% é parcialmente responsável por essa mudança. Comparado a um Mini Cooper, você consegue adivinhar qual é o melhor investimento a longo prazo? O Lancer, embora listado por US$ 4.000 a menos do que o Mini, acabará custando US $ 5.000 a mais com as revisões.